Número total de visualizações de página

quinta-feira, 27 de julho de 2017

*
      A mim, em Espanha, quando eu tinha vinte e cinco anos - foi há poucos dias- as meninas daqueles tempos de há poucos dias, chamaram-me, classificaram-me, definiram-me como esquisito, no sentido esdrúxulo da palavra, não como se eu tivesse o acento na terceira sílaba como qualquer proparoxítono que se preze mas sim como indivíduo que se distingue pela extravagância dos costumes, dos hábitos do trato com o semelhante ou com os poucos semelhantes., não digo com os iguais porque não me considero igual a mais nenhum ainda que possam dizer que me seja semelhante a outro qualquer um que seja, lá porque esse que dizem meu semelhante tenha cabeça tronco e membros, mas isso é apanágio ou privilégio de muitos que não considero meus semelhantes  como qualquer outro mamífero que por cá andam até que o destino os elimine ou afaste não se sabe para onde.   

Sem comentários:

Enviar um comentário