Número total de visualizações de página

sábado, 14 de outubro de 2017

*
                     Visita inesperada
                            
I
     Enquanto dava o meu passeio vespertino, de súbito uma voz estranha, calma e suave, proferindo um portugues arrevesado mas perfeito, declarou-me:
        - Não se perturbe, sou um habitante do planeta de nome sem tradução na sua língua,  digamos que se chama Pl1, a nossa fonte de calor, o nosso sol é a estrela Iris da Cassiopeia. Como todos os habitantes do Pl1 posso estar invisivel, estado em que agora estou para não o assustar. Mais tarde, quando estivermos mais entendidos, poderei estar visivel, mostrar-lhe como me apresento e  como é o meu corpo. Parece-me que está mais calmo, pergunte-me o que achar mais conveniente para nos entendermos.
     Sem me perturbar, respondi-lhe:
         - Pensei como pensei um muitos outros momentos, que estava a fantasiar uma voz estranha. Mas a primeira pergunta que sempre decidi fazer, a um ser estranho que me surgisse, tem sido, é: qual o motivo da sua vinda à Terra?
        - Vocês são muito diferentes  de nós, que habitamos o Pl1. Na forma do corpo, no vestir, no andar e também diferentes noutros domínios.Para começar, o nosso corpo tem forma variavel, não é como o vosso de cabeça, tronco e membros, essas partes dos vossos corpos que se mantem com a mesma forma, desde que nascem até que desaparecem.
(continua) 

Sem comentários:

Enviar um comentário