Número total de visualizações de página

quinta-feira, 27 de novembro de 2014

Abandonando

Encontro aqui, quando escrevo, de vez em quando,
Algumas palavras organizadas nalguns versos
Palavras que me surgem alinhadas pela rima
Ou desalinhadas por uma outra inspiração.
Mas com a riqueza que me dita o coração,
Sem a beleza, grandiloquência, a elevação
De palavras duras, raras, caras, cheias de esdrúxulo
Só entendidas pelos académicos, pelos mais sábios,
Pelos que mais se enfronham nos dicionários,
Pelos que mais apreciam a retórica e coisas quejandas
Pelos adoradores dos discursos etéreos, fascinantes,
Pelos amantes das coleções, do "bric a brac", das citações
Abandonando a vida que lhes resta bem viver    

Sem comentários:

Enviar um comentário